Três filmes essenciais estrelados por Eva Wilma

Três filmes essenciais estrelados por Eva Wilma

Não é segredo para ninguém o quanto estou apaixonada por Eva Wilma. Como bons fãs sabem, quando gostamos de algo, varremos a internet atrás de elementos que possam alimentar a paixão por um artista. No caso de Eva, a notícia boa é que não apenas temos diversos filmes para guardar no coração, como a maioria está disponível na internet!

O interessante em relação à Eva Wilma é que muitos de seus filmes misturam-se com a história do cinema brasileiro. Podemos dizer que a atriz passeou entre inúmeros gêneros cinematográficos, da nouvelle vague brasileira às comédias pornochanchada. Ela nos deixou um gostinho de quero mais em relação a seus filmes, você fica pensando o que teria acontecido se ela tivesse sido escolhida para estrelar Topázio de Alfred Hitchcock. Sim, você não leu errado, Eva Wilma fez um teste com o mestre do suspense no final dos anos 60. Será que teríamos uma carreira mais longa no cinema brasileiro se ela tivesse conseguido? Nunca saberemos.

O fato é que, realmente, existe um vácuo no que diz respeito às atrizes brasileiras. Nós simplesmente não conhecemos nossas divas, mulheres que levaram nossos filmes para fora do Brasil, que fizeram com que eles fossem adorados no estrangeiro. Certamente Eva Wilma é uma dessas atrizes. A única cópia de um de seus filmes, O quinto poder, pertence a um festival de cinema estrangeiro. É mole?

No intuito de retirar o véu que encobre os filmes brasileiros, hoje selecionamos três filmes indispensáveis da carreira de Eva Wilma. Alguns estão disponíveis no You Tube, então é só correr para o abraço!

Continue Reading…

Gretchen – Filme Estrada

Gretchen – Filme Estrada

Quem nunca se pegou cantarolando ou até mesmo dançando Conga, la conga, conga, conga, conga  dando as famosas rodadinhas de Gretchen que atire a primeira pedra. Ela também foi a nossa primeira professora de francês na escola da vida com seu je suis la femme ô ô ô. Se o Brasil é o país dos memes, Gretchen é certamente um deles e até arriscaria dizer que ela faz parte de nossa subjetividade brasileira. Depois de Rita Cadillac ter seu próprio documentário já estava na hora da rainha do bumbum também ter uma parte de sua vida registrada em 35 mm.

Continue Reading…

Sete lugares em São Paulo para os amantes de filmes e livros

Sete lugares em São Paulo para os amantes de filmes e livros

Quando minhas férias estavam finalmente confirmadas e minha passagem para São Paulo comprada, a primeira coisa que fiz foi uma lista de lugares que gostaria de visitar nessa cidade. Metade dos itens estavam relacionados ao cinema ou à literatura. Minha mãe me mandava e-mails dizendo que deveria comer o famoso pastel de feira (infelizmente algo que não consegui fazer!) e o sanduíche de mortadela igualmente célebre enquanto minha cabeça estava nas nuvens com a possibilidade de finalmente poder ver de perto a exposição sobre François Truffaut no MIS (Museu da Imagem e do Som).

Nenhum sanduíche ou pastel tem o mesmo sabor de uma visita à Livraria Cultura da Avenida Paulista, ao MIS ou à biblioteca da ECA na USP. Se você é amante de cinema e literatura, aqui vão algumas dicas preciosas de lugares para visitar durante sua estadia em São Paulo.

Continue Reading…

Cidadão Boilesen (2009)

Cidadão Boilesen (2009)

Em tempos de reavivamento da Marcha da Família com Deus as portas do aniversário – afinal, o que temos para comemorar? – dos 50 anos da implementação do golpe civil-militar, é necessário que falemos à exaustão sobre esse tema. Se as pessoas saem às ruas com cartazes com os dizeres “intervenção militar já!”, é porque existe uma lacuna não preenchida na formação delas. E essa lacuna diz respeito ao fato de silenciar, omitir ou simplesmente ignorar tudo que aconteceu durante a ditadura militar. É acreditar que vivíamos em um Brasil “melhor” naquela época, porque olha todas as obras que o presidente Médici fez! Só que o ninguém sabe ou prefere ignorar é o tremendo desvio de dinheiro que rolou nessa época para que o milagre brasileiro pudesse acontecer. É acreditar que naquele tempo não havia violência como hoje. E a censura, minha gente? A violência existia, mas como a imprensa estava censurada, ninguém ia colocar no seu jornal esse tipo de notícia para depois ter sua redação incendiada.

Sim, nós precisamos ainda falar muito sobre isso. Muito mesmo. E, neste caso, acredito que o cinema cumpra um papel crucial no que diz respeito à ditadura civil-militar brasileira. É preciso que existam filmes que tratem dessa época, que discutam o que foi esse período e seu impacto na vida dos brasileiros. Batismo de Sangue, Que bom te ver viva e Você pode dar um presunto legal são alguns desses filmes. Recentemente também tivemos A memória que me contam, da diretora Lúcia Murat que dirigiu Que bom te ver viva. Esses filmes cumprem seu papel crítico de retratar esse período, além de poderem registrar para as gerações futuras que queiram conhecer mais sobre a história do seu país. O documentário Cidadão Boilesen também faz parte dessa gama de filmes, porém ao contrário dos outros que citei, ele nos leva para um lado pouco conhecido da ditadura: o apoio do empresariado paulista na luta contra o terrorismo e a subversão. Não é a toa que Cidadão levou 16 anos para ser concluído, sem apoio de grandes produtoras. Ninguém apoiaria um documentário que tocava numa ferida que muitos preferiam ignorar.

Continue Reading…

Que bom te ver viva (1989)

Que bom te ver viva (1989)

Como é difícil falar sobre ditadura.

É de se esperar que um assunto desses seja evitado, afinal a primeira palavra que associamos à ditadura é “tortura”. Por mais que seja doído relembrar é necessário falar sobre isso. Talvez meu fascínio pela época da ditadura venha disso: ninguém nunca falou sobre isso comigo. Nas aulas de história, a única coisa que tínhamos que saber era a ordem dos presidentes militares e que eles acreditavam piamente no golpe comunista que o João Goulart ia dar. Mas a ditadura não se resume a isso. A ditadura brasileira foi mais que isso.

Continue Reading…

                                    
Encontre-nos no Facebook
Filmes por Ator:
                                                                                                                       
Filmes por Atriz:
                                                                                                                       
Filmes por Diretor: