Momento Hedda Hopper: O causo Barbara Stanwyck e Robert Taylor

Momento Hedda Hopper: O causo Barbara Stanwyck e Robert Taylor

Eles jantavam juntos na casa dela ao som de Benny Goodman. Para ele, ela era a melhor professora da vida que ele já teve, a greater “pro”. Ela tinha acabado de sair de um casamento/relacionamento abusivo e não queria ser vista ao lado dele. Eles jantavam ao lado de Joan Crawford e Franchot Tone. Eles eram nada mais nada menos do que Barbara Stanwyck e Robert Taylor.

Missy e Bob (seus respectivos apelidos) foram casados durante 12 anos, quase se separaram por causa da atriz Lana Turner e teriam explodido a Internet se ela existisse nos anos 40. Só se falava neles! Bob, um ator que despontava na MGM, e Missy, a mais recente divorciada do pedaço, saindo para jantar e dançar.

Como um dos casais mais famosos de Hollywood se conheceu? Em que circunstâncias?

Pouco antes de conhecer Robert Taylor, Barbara estava vivendo uma via crucis chamada Frank Fay. A via sacra que essa mulher atravessou não é mole não. Missy vivia um relacionamento muito abusivo com Fay, que ela empurrou com a barriga durante sete anos. Seu amor e devoção a ele a impediam de deixá-lo, e ela relevava tudo. E quando digo tudo, me refiro às ocasiões em que ele bebia até cair e batia nela. Frank sentia muito ciúme de Barbara e queria ter um relatório completo de onde ela estava e com quem estava. No livro A life of Barbara Stanwyck, Victoria Wilson nos conta que em uma ocasião Missy chegou no set com as costas machucadas, fruto de uma tentativa de Fay atirá-la da escada. Todos sabiam o que se passava, porém o silêncio comandava.

fay-and-stanwyck0001EDIT

Missy e Frank Fay.

Depois de sete anos, Barbara decidiu pedir a separação. Não foi um processo muito fácil. Isso porque, por mais que ele fosse extremamente abusivo com ela, era muito apegada a ele. Victoria Wilson também nos conta que ela afundou a cabeça no trabalho para não ser consumida pela frustração. Fora decidido na corte que a guarda de Dion, filho do casal, ficaria com Missy. Ao pai, foi dado o direito de visitar o filho. Quando Fay visitava Dion, quase nunca dava atenção à criança. A loucura chegou ao nível de ele bolar um plano para sequestrar o filho. A sorte é que Missy foi avisada e isso, por pouco, não aconteceu. Barbara nunca tinha se sentido tão livre em sua vida, podia sair e voltar a hora que quisesse, ver quem tivesse vontade, comprar roupas e alimentar seu vício por sapatos e pelo próprio cabelo. Ela andava bastante, naquela época, com o casal Mark, Marion e Zeppo, que a levava para cima e para baixo.

Marion e Zeppo estavam pra lá de preocupados com o fato de que a atriz só saía escoltada pelo irmão, Byron. Missy era extremamente apegada a ele, a única pessoa da família com que realmente se dava bem, e ele tinha ido morar com ela depois do divórcio.

O curso das estrelas mudaria para sempre no jantar dado pelo ator Walter Kane no restaurante Trocadero. Foi lá que Barbara Stanwyck e Robert Taylor se encontraram pela primeira vez.

Reza a lenda (ou o livro de Victoria Wilson) que eles conversaram bastante e ela o achou divertido. Bob estava na crista da onda naquele momento, choviam cartas para ele na MGM e todas as moças queriam se casar com ele. Durante o jantar, ele a achou cute with her reddish hair; her tan, her figure. Ela tinha 29 anos; ele 25. Lá pelas tantas, Bob a convidou para dançar. Missy notou que enquanto dançavam ele não parava de olhar para a porta. Havia uma explicação: seu affair, Irene Hervey, estava dançando com outro homem. Antes de zerarem as revistas, filmes e jornais da época, Bob alugou os ouvidos de Missy durante muito tempo sobre Irene – e a própria vida, é claro.

tumblr_mubng84DM81sxzb8vo2_250

Alguém tirou uma foto dos dois enquanto dançavam e Missy ficou apavorada. Ela odiava fofocas e achou melhor não dançar mais com Bob naquela noite.

Só que Bob já estava o suficientemente encantado pela atriz de cabelo castanho-avermelhado e a convidou para sair no dia seguinte. Ela disse não. Ele tentou de novo. Ela disse sim.

E daí para frente, Missy e Bob saíam para dar uma volta de carro, falavam sobre suas vidas e aos poucos foram descobrindo que tinham muito mais em comum do que pensavam.

Era o começo de uma das histórias mais bonitas de Hollywood.

Escrito por Jessica Bandeira

Estudante de história, tradutora e noveleira.

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

                                    
Encontre-nos no Facebook
Filmes por Ator:
                                                                                                                       
Filmes por Atriz:
                                                                                                                       
Filmes por Diretor: