Top 100 Looks do cinema – #1 – Marilyn Monroe em “O pecado mora ao lado” (1955)

Top 100 Looks do cinema  – #1 – Marilyn Monroe em “O pecado mora ao lado” (1955)

 

Hoje estreia aqui no Cine Espresso uma série sobre looks memoráveis do cinema. Convidamos Lucas Kovski, que é apaixonado por cinema e moda, para unir o útil ao agradável aqui no blog. Ele escolheu 100 looks da história do cinema, e conta um pouco da história desses figurinos a partir de hoje aqui. E não poderia ter escolhido uma forma melhor de começar.

 

Isn’t delicious?
 

Para abrir a série ”100 looks do cinema” temos o icônico vestido marfim drapeado usado por Marilyn Monroe no filme O pecado mora ao lado/The seven year itch (1955). O famoso drapeado que ”esvoaça” sobre a brisa do metrô foi recentemente leiloado por 4,6 milhões de dólares (com juros chega ao valor e U$ 5,5 milhões), sendo o vestido mais caro do mundo do cinema, superando outro modelo icônico, que era até o momento o recordista em preço: o vestido preto usado por Audrey Hepburn em Bonequinha de Luxo, que foi arrematado por 923.000 dólares.

O vestido foi desenhado pelo estilista William Travilla (1920-1950) que desenhou os figurinos da diva platinada em 8 filmes, sendo nominado ao Oscar de Melhor Figurino em dois deles: Como agarrar um milionário (1953), e O mundo da fantasia (1954).

Para o filme, Travilla confeccionou mais de uma versão do famosos drapeado. Dois exemplares foram comprados pela atriz Debbie Reynolds: a usada para a cena não utilizada, filmada realmente nas ruas de N.Y, e a utilizada para filmar a versão final (o primeiro ficou com a atriz, que tem uma valiosa coleção de grandes itens da memória do cinema americano). O outro, como mencionado antes, foi leiloado recentemente.

O vestido era para ser original branco gelo, mas, temendo que não saísse bem no processo Technicolor, Travilla alterou sua cor para marfim, e, assim, o vestido ganha um brilho que contrasta com a pele bronzeada da atriz em tela.

Outro detalhe sobre o look, é que, curiosamente, Marilyn não prende seu salto agulha na grade do metrô durante a cena. Na vida real, diversos acidentes desses aconteciam com as mulheres em N.Y. por causa dessas grades.

Os brincos grandes, o batom vermelho vivo ajudam a dar um toque mais vibrante ao look.

O lenço utilizado por Marilyn no filme pertence hoje a um colecionador anônimo, que o arrematou em um leilão nos anos 1970.

 

 

Texto de Lucas Kovski – Publicado por Camila Pereira

Escrito por cinecrew

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

                                    
Encontre-nos no Facebook
Filmes por Ator:
                                                                                                                       
Filmes por Atriz:
                                                                                                                       
Filmes por Diretor: